Trade

Como criar um programa de fidelidade para supermercados?

julho 1, 2019
Tempo de leitura 4 min

O programa de fidelidade para clientes é comum nos comércios e nas empresas, o que o torna uma poderosa tática na hora de atrair e reter mais consumidores para o seu supermercado.

O conceito se relaciona à ideia de vantagem adquirida por meio do acúmulo de pontos ou da compra de produtos específicos. Nesse tipo de programa, o cliente pode fazer trocas por recompensas, como prêmios, mercadorias, produtos, descontos, entre outros.

Os principais empreendimentos e comércios do Brasil já aderiram a esse tipo de serviço, mas ainda têm dúvidas sobre como realizar esse processo ou não entendem de que maneira isso trará ganhos para o seu negócio.

Pensando nas principais dúvidas que surgem sobre esse assunto, elaboramos este post completo para informar o que é preciso para implementar um programa de fidelidade para supermercados. Quer saber mais sobre o tema? Confira!

Entenda como funciona um programa de fidelidade

Basicamente, um programa de fidelidade deve envolver uma plataforma de acesso, a empresa e o cliente. Enquanto a plataforma guarda os dados do consumidor e, por isso, deve funcionar de forma fácil e ser acessível para acompanhá-lo, a empresa lança as campanhas e os clientes acumulam pontos que podem ser trocados por recompensas variadas.

Para que o programa seja bem-sucedido e a empresa se mantenha fortalecida no mercado, é essencial analisar o que é importante para o consumidor. Isso deve nortear as possibilidades de recompensa, pois o objetivo é impulsionar a relação de consumo.

Conheça seus clientes

Conhecer o público é a melhor forma de saber como agradá-lo e esse é o principal ativo de um programa de fidelidade. Para conhecer os seus clientes, é preciso identificá-los. Uma das formas mais comuns de conseguir os dados é oferecer um desconto, incentivar a participação em um sorteio ou analisar os históricos de compra, por exemplo.

Vale ressaltar que alguns questionamentos são necessários para descobrir as preferências dos seus consumidores bem como permitem oferecer possibilidades de adequação e melhorias a partir das respostas obtidas.

Listamos algumas possibilidades de questionamentos que podem impulsionar e propor um novo direcionamento ao seu negócio:

  • qual tipo de produto ou serviço agrada aos seus consumidores;
  • o que eles preferem na sua loja;
  • por que eles continuam comprando com você.

Defina as regras

As regras de funcionamento do programa de fidelidade devem ser claras e objetivas de uma maneira geral. Os detalhes devem ser bem explicados para não dar margem às dúvidas. Desse modo, estabeleça o funcionamento do programa, inclusive, que tipo de recompensas serão disponibilizadas, como elas podem ser trocadas, se existe validade de pontos ou bônus, etc.

Além disso, as normas devem abranger os direitos e deveres dos consumidores, observando a legislação pertinente à sua região, assim como informar qual é a empresa responsável por disponibilizar o programa e assumir a responsabilidade por eventuais problemas.

Estabeleça as recompensas

Esse é outro elemento-chave de um programa de fidelidade de sucesso, por isso, invista em premiações personalizadas de acordo com as preferências dos seus consumidores.

É interessante pensar também em recompensas menores que motivem pequenas compras, que podem ser, até mesmo, algum brinde inicial, pois, uma vez que o consumidor iniciou a coleção, a continuidade gradativa é mais provável.

Há muitas formas de estruturar as recompensas, as mais simples, por exemplo, são:

  • pague 3, leve 5 — o cliente é levado a manter a fidelidade ou a comprar mais um produto para ganhar a recompensa;
  • descontos em geral ou para pagamentos antecipados;
  • oferta de produtos, mercadorias e objetos diversos quando os clientes atingirem certa quantidade de pontos.

Ofereça um atendimento diferenciado

Para quem é inscrito e participa ativamente do programa, nada mais justo do que ter acesso às ofertas primeiro e garantir exclusividade. Pode-se oferecer descontos e facilidades de pagamento, além, é claro, de um atendimento especial, como um cartão de crédito para compras na loja, por exemplo.

Agora, você já aprendeu de forma simples como criar um programa de fidelidade de clientes. Siga as etapas com atenção e faça uso da sua criatividade para encontrar a melhor maneira de colocá-lo em prática no seu supermercado.

Gostou de saber um pouco mais sobre como implementar um programa de fidelidade? Então, compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up