Dicas

Como identificar carne estragada? Confira para se prevenir

junho 28, 2019
Tempo de leitura 3 min

O consumo de carne no Brasil quase dobrou desde 1990, superando vários países ocidentais, segundo algumas pesquisas. Quem não gosta de uma carne no almoço ou jantar? Somente os veganos e vegetarianos! Mas você deve se atentar a alguns aspectos antes de comprar e/ou consumir esse alimento. O principal é saber identificar a carne estragada.

É preciso verificar se a carne está estragada antes do seu preparo ou no momento que vai comprá-la no supermercado ou açougue. Atenção especial às carnes que já estão embaladas, pois elas têm prazo de validade. Se você perceber que ela não está em boas condições, não consuma. Existem várias doenças que podem ser adquiridas por meio da ingestão de carne estragada.

Neste artigo, vamos explicar como identificar a carne estragada e quais são os problemas que o seu consumo pode causar à saúde. Continue a leitura e saiba mais!

Como identificar a carne estragada?

Algumas características devem ser verificadas antes do consumo de qualquer tipo de carne (boi, porco, frango) — cheiro, cor, temperatura, textura, data de validade e fabricação. Então, separamos abaixo os principais itens para ajudar você nessa missão.

Cheiro

Essa é a forma mais fácil de identificar se a carne está estragada, pois ela geralmente apresenta um cheiro forte de mofo ou um odor azedo. Quando você abre o pacote, sente esse cheiro desagradável e rançoso de longe. Cada carne tem um cheiro característico, então preste atenção nisso.

Textura

Ao tocar na carne você também consegue identificar se ela está boa ou não para usar em sua receita. Cada tipo de carne apresenta uma textura diferenciada e de fácil identificação. Pensando nisso, fique atento quando o produto apresentar uma textura escorregadia, pegajosa e viscosa, pois são indícios de que ele está inapropriado para o consumo.

Prazo de validade

A primeira coisa que você deve olhar ao escolher uma carne no supermercado, açougue ou, até mesmo, na sua geladeira é o prazo de validade. Se ela estiver vencida ou muito perto de vencer, não compre! Geralmente, os supermercados colocam essas carnes em promoção para não terem prejuízo, mas elas podem fazer muito mal a você.

Cor

A carne de porco tem uma coloração rosada, a de boi tem uma cor avermelhada, já a de frango e a de peixe são brancas. Caso veja qualquer cor diferente dessas, não consuma. Quando esses produtos estão estragados, apresentam tonalidade esverdeada, amarelada, cinzenta ou descolorada. Essas cores indicam que eles estão contaminados por bactérias e fungos.

Quais são os problemas que podem ocorrer ao consumi-la?

Alguns sintomas são comuns quando uma pessoa consome uma carne estragada, como vômitos, dor de cabeça, febre e diarreia. Eles são consequências da intoxicação alimentar causada pelas bactérias e toxinas presentes na carne ingerida. Se não for tratada corretamente, ela pode causar doenças infecciosas (salmonelose), câncer ou outras complicações, podendo, até mesmo, levar à morte.

Como destacado anteriormente, o consumo da carne estragada é muito prejudicial à saúde, principalmente para as pessoas que estão com o sistema imunológico fragilizado. Então, coloque em prática as dicas apresentadas neste artigo antes de comprar ou ingerir carne além de armazená-la corretamente em freezers ou geladeiras em temperatura de 0 °C a 2 °C.

Agora que você já sabe como identificar a carne estragada, que tal dividir esse conhecimento com seus amigos e familiares? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up