Dicas

É possível utilizar peixe no churrasco? Confira.

julho 10, 2019
Tempo de leitura 5 min

Apesar das carnes de boi, porco e frango serem as mais populares no Brasil, alguns outros cortes também são muito bem-vindos, como o peixe no churrasco. Além de ser uma carne extremamente nutritiva e leve, os peixes são excelentes fontes de ferro e proteína. Só que muitos churrasqueiros não a utilizam por conta da sua textura diferenciada.

Então, o grande desafio do churrasqueiro é conseguir assá-lo na brasa sem desperdiçar a sua carne ao ser manipulada, já que ela possui muitas fibras delicadas. Para evitar que ele desfaça com facilidade, é interessante escolher um peixe de água salgada ou doce que seja gordo e firme.

Quer entender mais sobre o uso do peixe no churrasco? Continue a leitura desse guia prático que vai ajudar você a entender quais peixes usar e os modos de preparo. Boa leitura!

Quais são os principais peixes que podem ser utilizados?

Como falado acima, não são todos os peixes que ficam bons ao se fazer na brasa, como, por exemplo, os “magros” que geralmente acabam ressecando e despedaçando. Diante disso, separamos abaixo os principais tipos de peixes que você pode usar no seu churrasco.

Salmão

Esse peixe é sofisticado, saboroso, bastante versátil, querido de muitos brasileiros e cai bem em qualquer refeição, além de combinar com uma série de temperos. É uma opção suculenta para quem quer algo diferenciado e inesquecível. Você pode combiná-lo com diferentes acompanhamentos, com molhos, legumes, risoto, dentre outros.

Sardinha

Ela é saborosa, popular, fácil de encontrar e bastante nutritiva, só que muitos não sabem as suas qualidades. As vantagens da sardinha vão muito além da gastronomia, esse peixe vem comprovando o seu valor e os seus benefícios para uma saúde mais completa. Dessa forma, ela é uma excelente fonte de ômega 3, vitamina D, cálcio, proteínas e gorduras.

Tucunaré

Já o Tucunaré é um peixe de água doce que é rico em potássio e minerais, muito conhecido na região norte do Brasil pelos amantes da culinária. A sua carne é branca, suculenta, macia e com o sabor suave. É muito fácil de combiná-lo com os acompanhamentos tradicionais do churrasco, sendo assim, uma excelente escolha.

Tilápia

Essa espécie de peixe é a mais criada e comercializada no Brasil dentre as opções de água doce. A tilápia é exótica e considerada magra, pois uma porção de 100g possui somente 120 calorias. Além de ser extremamente nutritiva devido ao alto valor biológico de proteína, minerais e gorduras magras.

Dourado

O peixe-dourado é predominantemente de água doce, inclusive possui o apelido de “rei dos rios”. Só que existe outro tipo que é conhecido por dourado-do-mar encontrado em águas limpas e quentes (acima de 20 graus). O dourado também é altamente nutritivo, contendo cálcio, potássio e vitamina D. Além de facilitar as contrações musculares e processos digestivos, ajuda na regeneração de tecidos, PH sanguíneos e regula a pressão.

Como preparar o peixe no churrasco?

Agora que você já sabe que pode contar com excelentes opções de peixes no seu próximo churrasco, chegou a hora de aprender como prepará-lo, conhecer os temperos ideais e os acompanhamentos.

Peixe inteiro no espeto

Você pode prepará-lo com uma marinada e, como ele é oco, coloque algumas especiarias e temperos dentro dele antes de assar, como cebolinha, cebola, pimentão, pimenta, cheiro-verde, dentre outros de sua preferência. Mas tome cuidado para não exagerar! O ideal é preservar o sabor do peixe. Tudo pronto, é a hora de colocar na brasa, com a pele e inteiro! Use o espeto de abrir para facilitar o manuseio e não o derrubar. Deixe-o na brasa em torno de uma hora e, a cada 20 minutos, vire para não queimar. Quando a carne estiver crocante e dourada, já pode tirar.

Filé na grelha

Esse modo de preparo é para quem procura praticidade, pois é muito fácil de fazer. Com os filés já limpos, tempere com uma marinada de sal, azeite, pimenta, tomilho, alecrim, vinagre branco, dentre outros, só não é indicado colocar itens com açúcar para não grudar na grelha. Deixe-o em uma vasilha com tampa na geladeira enquanto limpa a grelha e acende o fogo. Use o papel laminado embaixo, caso não goste da pele crocante. Unte a grelha com um pouco de óleo e coloque-o quando estiver bem quente. Deixe por 5 minutos de cada lado e sirva-se.

Peixe aberto na grelha

Já este preparo não precisa de marinada, mas caso queira fazer, não tem problema. Faça-a com sal, pimenta, limão, azeite, cebolinha e salsinha, e coloque-a no peixe aberto. É interessante que você use a quantidade suficiente para ele “nadar” e use uma travessa para facilitar esse processo. Caso goste de legumes, pode colocar em cima do peixe, como o pimentão de várias cores, rodelas de cebola e tomate. Deixe na brasa até chegar no ponto em que a faca consiga penetrar suavemente na carne.

Contar com um bom acompanhamento para comer com o peixe é um dos segredos do sucesso do seu churrasco com amigos e familiares. Só que não são todas as opções que combinam com o peixe, mas o vinagrete cítrico (com o uso do limão), a banana-da-terra, o pão de alho, a salada de folhas, a farofa, o arroz branco ou os legumes assados na brasa são excelentes escolhas.

Como você pôde perceber, o peixe é uma excelente opção para suas refeições por ser prático, gostoso e nutritivo. Dessa maneira, inclua o peixe no churrasco do próximo fim de semana, com seus familiares e amigos, pois temos certeza que vai fazer muito sucesso e sair da tradicional carne vermelha.

Vale ressaltar que a escolha de espécie de peixe é muito importante, conte com as opções de carne firmes e gordas. Uma sugestão é comprá-lo já limpo ou congelado. Mas usar um peixe fresco garante a suculência e o sabor inesquecível. O uso dos temperos adequados na marinada também é um ponto que deve ser levado em consideração.

Você gostou do artigo? Viu que é possível usar o peixe no churrasco? Então deixe um comentário no post compartilhando suas experiências ou para tirar alguma dúvida.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up