Trade

Saiba como realizar a gestão de custos e formação de preços da sua empresa

setembro 25, 2019
Tempo de leitura 6 min

Ter um controle total sobre as finanças da sua empresa é essencial para a longevidade do negócio. Afinal, é dessa forma que você é capaz de entender todos os recursos que entram e saem da empresa e garantir a sua saúde financeira a longo prazo. 

Entre os diversos processos exigidos para uma gestão financeira eficiente, está a gestão de custos e formação de preços. Ou seja, é importante que você entenda quais são os custos do negócio e as formas de reduzi-los — para onde o dinheiro vai — e qual a melhor forma de precificar os seus produtos — origem das receitas do negócio. Quer saber como fazer isso? Então, continue a leitura e descubra nossas dicas de ouro! 

Entenda todos os custos da empresa 

O primeiro passo para uma gestão de custos e formação de preços eficiente é entender todos os custos do seu negócio. Para isso, comece avaliando todas as despesas e crie um local no qual você registrará essas transações financeiras. Pode ser aconselhável utilizar uma planilha ou um software para isso, por exemplo. 

A partir disso, liste as despesas e classifique-as. Gastos, como conta de luz e água e aluguel, são despesas fixas. Já a matéria-prima para a criação dos produtos deve entrar em outra categoria. Você ainda pode criar uma terceira categoria com os gastos de compra de mercadorias que serão revendidas e, ainda, outra para gastos com funcionários. 

Registre não apenas a despesa, mas também o valor exato gasto com cada uma delas e ainda a data na qual o pagamento é realizado. 

Descubra quanto custa cada produto

O preço do produto é importante tanto para uma boa gestão de custos quanto para a formação de preços da sua empresa. Portanto, esse é outro processo que deve ser implementado no seu negócio. 

Para isso, comece entendendo quanto custa a matéria-prima por unidade do produto. Além disso, é preciso levar em consideração alguns gastos adicionais, como energia elétrica utilizada para armazenar produtos, transporte da mercadoria e, até mesmo, a mão de obra para a fabricação. 

Com isso, você é capaz de entender exatamente quanto custa cada uma das mercadorias e dos produtos da sua empresa e, dessa forma, calcular um preço com uma margem de lucro adequada

Identifique os produtos mais e menos lucrativos 

Qual produto oferece maior retorno para a sua empresa? Saber como responder essa pergunta é essencial para uma boa gestão financeira e precificação dos seus produtos. 

Para isso, considere o custo de cada uma das mercadorias e preço de venda. A partir disso, é possível calcular o percentual do lucro de cada um dos produtos. Dessa forma, você determina aqueles que oferecem maior e menor retorno para o negócio e é capaz de reformular os preços de venda de forma a atender às suas necessidades. 

Você também pode aproveitar esse processo para entender quais são aqueles produtos que, além de uma taxa de lucro adequada, oferecem grandes retornos financeiros para o negócio por terem alta taxa de saída. Isso também serve para que você tome decisões mais assertivas sobre preço de venda e, até mesmo, estratégias de marketing relacionadas aos produtos do seu negócio. 

Aplique uma política de redução de custos 

Reduzir os custos do negócio é sempre uma ótima estratégia para garantir lucro e manter as finanças em dia. Para isso, é importante que você revise todos os gastos do negócio, de forma a identificar aqueles que são desnecessários ou os que podem ser negociados. 

Você pode descobrir, por exemplo, que o desperdício gera grandes custos para a empresa, formulando uma estratégia para reduzi-lo. Além disso, pode renegociar preços com fornecedores de forma a estabelecer estratégias de pagamento ou custos mais adequados à realidade da empresa. 

Até mesmo os materiais de escritório podem estar gerando custos mais altos do que você imagina. Canetas de baixa qualidade, exigindo que você reponha-as com frequência, ou copos descartáveis podem ser custos desnecessários, fáceis de serem identificados e, inclusive, cortados. 

Entenda o perfil dos clientes 

Os seus clientes possuem um perfil específico, mesmo que você não saiba. Isso significa que os preços e, inclusive, os tipos de produtos a serem oferecidos dependem do local no qual a sua empresa está e de qual público que ela atende. 

Portanto, comece a investigar o perfil dos seus clientes, buscando entender quais são as maiores necessidades e os desejos em relação aos seus produtos. A partir disso, além de determinar que tipo de mercadoria é mais adequada a esse público, você também é capaz de precificar os seus produtos de forma mais consciente, atendendo ao padrão de consumo e perfil financeiro dos clientes. 

Avalie os preços da concorrência

Um processo importante na formação de preços da sua empresa é entender como a concorrência realiza esse processo. Ou seja, é importante que você saiba qual a média de preço de produtos e mercadorias semelhantes aos seus de forma a se adequar ao mercado local. 

Portanto, avalie a concorrência e compare os preços com os dos seus produtos. Identifique quais são aqueles que estão inadequados, tanto para mais quanto para menos, e reformule os preços de acordo com a realidade da sua empresa e essa pesquisa de mercado. 

Considere eventos futuros

Você não é capaz de prever o futuro, mas pode ficar atendo a tendências para realizar projeções de custos para a sua empresa. Ou seja, você pode perceber que determinado produto aumenta em alguma época do ano ou que uma mercadoria está se tornando cada vez mais escassa, gerando maiores custos para a sua empresa. 

A partir dessas tendências, é possível precificar os produtos de acordo com os eventos previstos para o futuro. Isso significa que o aumento das despesas ao longo do tempo deve ser levado em consideração na hora de realizar a formação de preços da sua empresa! 

Ter um bom controle das finanças do seu negócio é essencial para o sucesso do empreendimento como um todo. Para isso, é essencial que você esteja atento aos custos do negócio e realize uma precificação adequada. Com essas dicas sobre gestão de custos e formação de preços, você está preparado para realizar ambos os processos com excelência e garantir a longevidade do seu empreendimento! 

Gostou do artigo? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e fique sempre por dentro das atualizações do nosso blog! 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up