Trade

Saiba o que é marketing sensorial e como aumentar as vendas!

janeiro 25, 2019
Tempo de leitura 6 min

Os consumidores buscam experiências, produtos inovadores, campanhas no mercado que instiguem os sentidos, que afetem suas emoções e passem a incorporar seu estilo de vida.

Nesse sentido, diversas teorias são utilizadas para atrair a atenção dos consumidores e propiciar uma experiência positiva ao comprador. É aí que entra o marketing sensorial — que aposta nos sentidos humanos como os grandes responsáveis pelas decisões de compra.

Para que você saiba mais sobre o assunto, mostraremos, neste artigo, como o marketing sensorial pode otimizar os resultados de vendas de um supermercado. Continue a leitura e confira!

O que é o marketing sensorial e como ele funciona?

Embora sua definição seja algo novo, no começo dos anos 2000, o marketing sensorial conquistou o seu espaço no mercado e, atualmente, é uma das estratégias responsáveis pelas marcas se promoverem.

De modo simples, trata-se de um recurso utilizado por marcas e estabelecimentos, com o objetivo de chamar atenção dos clientes, aguçar todos os seus sentidos e assegurar uma melhor experiência de compra, melhorando, assim, o seu negócio.

A ideia da técnica não é apenas atrair consumidores com as estratégias mais comuns (visuais e auditivas), ela utiliza os cinco sentidos com o intuito de criar diferenças marcantes no comércio varejista.

Vale ressaltar que, grande parte das sensações que testamos, é processada sem a interferência da consciência. Um exemplo disso é quando associamos cheiros a pessoas. Por isso, quando a sua marca ou o seu estabelecimento consegue utilizar bem todos os sentidos, ela se beneficia de um vínculo definitivo com o consumidor.

Conheça, a seguir, os principais aspectos que influenciam os cinco sentidos.

Visão

Em todo mundo mercadológico, a visão é o sentido mais explorado, pois estimula o cérebro na direção de um produto desejado. Isso acontece quando você realiza pesquisas constantes, por exemplo. Os consumidores identificam facilmente esquemas de cores e logotipos, iluminação e exposição de produtos em uma prateleira. Logo, a visão é a principal formadora de lembrança da marca.

Olfato

Esse é o sentido que apresenta mais facilidade para despertar emoções. Por meio dele, cria-se originalidade ao ambiente, como cheiros característicos que logo nos recordam uma marca específica.

O supermercado, por exemplo, é o tipo de comércio que mais estimula esse sentido. Eles costumam ter um aroma característico, comum a todas as lojas da rede, além do cheiro dos produtos, como o pão saindo do forno, que acaba estimulando o cliente a comprar.

Audição

Muitas lojas criam canções específicas e vinhetas que remetem a sentimentos positivos e se encaixam no gosto do público-alvo, tornando-se uma ótima alternativa para influenciar os clientes, e gerando conexão sensorial com eles.

Paladar

O paladar cria experiências prazerosas, e faz com que os clientes experimentem novos sabores e os apreciem, ou não, pelo simples fato de sentir o gosto na boca. Outra técnica utilizada pelos lojistas é enviar junto com os produtos balas e brindes, que fazem com que as pessoas sejam surpreendidas positivamente.

Tato

Já o tato é um dos sentidos mais difíceis de ser estimulado. É o meio que possibilita ao consumidor conhecer as características físicas do produto. Essa integração física gera uma sensação antecipada de posse do objeto e influencia diretamente na decisão de compra.

Qual a sua importância?

Oferecer produtos diversos, preços acessíveis, bom atendimento e qualidade se tornaram quesitos obrigatórios em todos os estabelecimentos, como forma de buscar um diferencial e fidelizar clientes.

Nesse sentido, o marketing sensorial impulsiona as vendas, sendo primordial para o crescimento do consumo e o aumento da receita. Com auxílio dos cinco sentidos humanos, a ferramenta concede motivação para permitir aos clientes o suporte da experiência de compra.

Os sentidos são como estimuladores, e servem para oferecer aos clientes sentimentos e sensações baseados na emoção, já que o prazer da compra está na satisfação em realizar o desejo e não no objeto em si.

É muito simples compreender a importância de investir nessa técnica, já que diferentes sensações são experimentadas no cotidiano e os corpos, de modo subconsciente, respondem aos estímulos e entendem as informações como sinais de que uma marca é honesta com o cliente ou inovadora.

Qual a influência do marketing sensorial no varejo?

O varejo tem diversas oportunidades de utilizar o marketing sensorial para criar experiências mais significativas e cativar consumidores, por exemplo, para fazer um apelo emocional e conhecer a iniciativa da marca.

Nesse cenário, os supermercados são locais propícios para ações inovadoras. Eles possibilitam um trabalho amplo de diferenciação e fortalecimento de marca por investimentos acessíveis.

As degustações, a música ambiente, o aroma dos produtos, a localização nas prateleiras e as cores intensas são características que despertam os sentidos sem o consumidor perceber, tornando-se essenciais na hora da tomada de decisão. 

Quais são os principais pontos que mais influenciam nos cinco sentidos?

Iluminação

Um estabelecimento iluminado tem um grande poder de criar sensações. O uso da luz em alguns locais constrói ambientes característicos desse setor, e favoráveis à compra.

Cores

As cores podem ser exploradas para auxiliar não só no reconhecimento da marca e dos produtos, mas para estimular sentimentos e percepções. Os favoritos entre os lojistas são os cartazes amarelos com escritas em vermelho, que são característicos dos supermercados.

Organização

Nos pequenos supermercados, a organização e a criatividade ainda são falhas, o que pode gerar uma sensação desagradável aos clientes. Em contrapartida, produtos estruturados e arrumados de maneira diferenciada estimulam a curiosidade, e fazem com que os clientes os percebam por mais tempo.

Comunicação

Para criar uma experiência confortável e manter o cliente por mais tempo na loja, a comunicação deve estar alinhada. Essa comunicação pode estar voltada para o apelo visual, por meio de símbolos e imagens. 

Sinalização

A sinalização é uma estratégia importante e pouco explorada. Sinalizar claramente as seções da loja, assim como caixas e sanitários também influencia no marketing sensorial.

Todos esses pontos interagem e possibilitam diferentes formas de trabalho para atingir o principal objetivo: vender mais!

Portanto, para obter sucesso com as vendas, é necessário investir em algumas estratégias eficazes. E por que não o marketing sensorial? Proporcionar aos consumidores uma experiência sensorial pode fazer com eles se lembrem facilmente dos seus produtos ou estabelecimento, e, consequentemente, tornem-se seus clientes fiéis.

Agora que você já sabe o que é o marketing sensorial e como aumentar as vendas, que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais e ajudar os seus amigos a também dominarem o assunto? Vamos lá!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up